Vinícius

"A maior mentira que eu contei deve ter sido pra minha mãe. Quando ela me perguntou se eu era puro, virgem e eu disse que sim"
19 anos
Cinelândia, Rio de Janeiro, RJ

Postado dia 19 de maio de 2015
Comente (0)

Renato

"O cotidiano é uma merda – ou então não seria cotidiano"
25 anos
Cinelândia, Rio de Janeiro, RJ

Postado dia 25 de março de 2015
Comente (0)

Eduardo

"A maior emoção que já tive foi a minha primeira vez"
18 anos
Cinelândia, Rio de Janeiro, RJ

Postado dia 16 de março de 2015
Comente (0)

Graça

"Eu vinha passando e ela me chamou de 'jornalista piranha'. Aquilo feriu a minha conduta"
37 anos
Cinelândia, Rio de Janeiro, RJ

Postado dia 25 de fevereiro de 2015
Comente (0)

Jack

"Eu estava inseguro, pedi um tempo e ele nunca mais voltou"
38 anos
Cinelândia, Rio de Janeiro, RJ

Jack falou muito sobre amor. Quando ele contou sobre o arrependimento de ter deixado o grande amor de sua vida para trás, dá pra notar a mudança em sua expressão. Logo que terminamos de gravar, ele estava assinando o documento de autorização de uso de imagem e disse: “Quem sabe ele vê esse vídeo e resolve me dar uma chance”

Daniel

Postado dia 19 de fevereiro de 2015
Comente (0)

Nuria

"Na Bahia é tudo tranquiiiiilo..."
25 anos
Cinelândia, Rio de Janeiro, RJ

Postado dia 12 de fevereiro de 2015
Comente (0)

Matheus

"Eu não acreditei que o cara estava me assaltando, então perguntei: 'é sério que você está me assaltando?'"
18 anos
Cinelândia, Rio de Janeiro, RJ

Postado dia 06 de fevereiro de 2015
Comente (0)

Reinaldo

"Eu aconselho as pessoas: falem com estranhos! Puxe um papo com um estranho! Viver é falar com os estranhos."
53 anos
Cinelândia, Rio de Janeiro, RJ

Postado dia 27 de janeiro de 2015
Comente (3)