O primeiro teste

Fortaleza de São José de Macapá, Macapá, AP

Esse vídeo foi o primeiro teste que fizemos para o Fale com Estranhos. Levou um tempinho para que o projeto fosse formatado do jeito que é hoje. Dá pra perceber que o enquadramento é bem diferente e fizemos mais de uma tomada.

Sempre que viajamos a trabalho, ficamos reparando em alguns personagens que não estão na nossa pauta, mas que são igualmente fantásticos e, vez ou outra, acabam sendo até mais interessantes do que aquela pessoa com quem temos de conversar.

Em 2014, passamos 4 meses viajando por 10 estados brasileiros, para fazer uma série de documentários para uma revista feminina sobre mulheres cujos trabalhos tiveram algum tipo de destaque em suas áreas. Foi aí que conhecemos a Maria Luiza.

Ela é parteira no estado do Amapá. Seu trabalho é viajar pelas comunidades ribeirinhas ensinando as mulheres a fazerem o parto natural. É que, quando a hora chegar, as famílias vão ter que fazer isso por conta própria já que muitas vezes a maternidade mais próxima está há dias de viagem de barco, então esse conhecimento é fundamental. Ela passa meses fora de casa atravessando rios em busca de famílias para ensinar.

Assim que encerramos a pauta, ela nos convidou pra almoçar. Sentamos num restaurante muito simples à beira do Rio Amazonas e ela começou a nos contar histórias sobre sua vida e fomos ficando cada vez mais interessados. Foi difícil se concentrar na comida. Terminamos o almoço rapidinho e pedimos pra filmar uma conversa com ela. Nada pautado – a gente já tinha o material que precisava para a revista, agora só queríamos registrar as histórias dela.

Fomos até a Fortaleza de São José de Macapá e ligamos a câmera. Ela falou sobre o dia em que, junto com a mãe, matou um jacaré. Como se isso não bastasse, ela disse que quando ia de avião para alguma comunidade muito distante, o único trabalho do piloto era decolar e pousar o avião. O resto da viagem era pilotada por ela.

Quando ela contou sobre o jacaré eu lembre que, às vezes, quando estou no supermercado, fico em dúvida se pego um mamão inteiro ou já picado e descascado. Maria Luiza mata jacarés para o jantar.

Daniel

Postado dia 15 de janeiro de 2015
Comente (0)